Entenda a importância do Estudo de Massa na elaboração de projetos

Quando é realizado um investimento relacionado ao desenvolvimento imobiliário um dos pontos primordiais é ter um planejamento inicial criterioso, dessa forma é possível evitar prejuízos durante o processo de construção.

Os projetos devem ser submetidos a etapas de avaliação de viabilidade, estas avaliações são realizadas por meio de projetos urbanísticos, arquitetônicos e, também, estudos de massas, assim a avaliação garantirá o melhor aproveitamento da área.

Você já deve ter visto, em outros países, prédios com mais de 300 metros de altura, no Brasil há apenas dois edifícios com altura próxima a 180 metros, sendo o Millennium Palace em Balneário Camboriú e o Mirante do Vale, em São Paulo. Isso ocorre devido a legislação brasileira, pois cada cidade tem códigos próprios que restringem determinados projetos. Por isso, é importante conhecer o potencial construtivo de um terreno, analisando a área máxima que a legislação permite construir, dessa forma haverá um planejamento mais adequado à intenção da construção. É aí que entra o estudo de massa.

O Estudo de Massa se trata de um resumo do volume e das áreas que serão ocupadas pela construção, por meio dele é possível elaborar as limitações dos indicadores impostos pela legislação e, também, as limitações físicas. Quando o estudo é feito em loteamentos, é possível saber a área parcelável, o número de lotes, entre outros fatores. Já quando se trata de edificações, o estudo de massa define áreas construídas, permeáveis, entre outros índices.

Por meio do estudo de massa são realizadas as análises de viabilidade que embasam a decisão de investimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mande sua mensagem
Enviar mensagem